Melhores cervejas 2021 – Saiba Qual a Melhor Cerveja para Você

Nada melhor do que uma cerveja para melhorar seu final do dia, não é mesmo? São várias opções no mercado, por isso qual escolher? Saiba mais. 

Melhores cervejas 2021 

As cervejas são as bebidas mais consumidas mundialmente, mas encontrar as melhores cervejas não é simples. São muitos os tipos, com composições, cores, sabores e aromas diferentes. Existem mais de 100 variações ao redor do mundo. 

Antes de falar quais são as melhores cervejas da nossa lista, preciso definir o que é o melhor. Os processos de confecção de cada tipo são distintos, por isso é impossível definir qual é a melhor ou pior. Depende muito do que você gosta ou procura naquele momento.

Heineken


Confira o Preço
Paulaner Original


Confira o Preço
Pilsner Urqell


Confira o Preço
Fuller’s London Pride


Confira o Preço
Duvel


Confira o Preço
Colorado Indica


Confira o Preço

 Mas pode-se dizer qual cerveja tem qualidade ou não. Nessa lista, separei cervejas que você deve provar pelo menos uma vez. São cervejas de qualidade, com diferentes abordagens e valores.

 Como é feita a cerveja?

Você deve saber como a cerveja é feita para saber qual tipo mais te agrada. A questão é que existem diversas formas de fazer a cerveja. Mas, no geral, o processo é bem similar.

 Os ingredientes utilizados como base são água, lúpulo, malte e leveduras. Cada um desses ingredientes entrega um sabor distinto. O lúpulo é responsável pelo amargor da cerveja, além de servir como um conservante natural. O malte dá um adocicado leve, junto com um aroma levemente floral. As leveduras são responsáveis pelo processo de fermentação, ou seja, formação do álcool.

 O primeiro passo é a moagem dos grãos. As cervejas podem ser produzidas com grãos de trigo, cevada ou centeio, por exemplo. Esse processo ajuda a quebrar a exposição do amido, essencial na fermentação.

 O segundo passo é feito para tornar possível a fermentação. Veja, as leveduras precisam identificar e poder quebrar as moléculas, tornando-as mais fáceis de fermentar. Essa etapa é basicamente o cozimento dos grãos moídos em água.

 Após o segundo passo são adicionados o lúpulo e ingredientes específicos. Eles passam por uma fervura junto com o líquido resultante do malte.

 O quarto passo é a diminuição da temperatura para preparação da fermentação. As leveduras não podem se desenvolver em altas temperaturas. Elas poderiam acabar morrendo antes de completar a fermentação.

 O quinto passo é a fermentação em si, variando a quantidade de tempo e a levedura responsável. Essa etapa é altamente personalizável e responsável por diferenciar vários tipos de cerveja.

 Por fim, tem a maturação que faz com que a cerveja descanse por um bom tempo até atingir o sabor desejado.

O que são cervejas artesanais?

 O conceito de cerveja artesanal é debatido, hoje é difícil que seja um processo feito como antigamente. Mas são chamadas de artesanais as cervejas de pequenos produtores, com mais processos manuais e em um processo mais lento. A verdade é que o produto em si, nas cervejas artesanais, é mais complexo e encorpado.

 Existem opções de cervejas artesanais produzidas em maior escala. O principal diferencial está no tempo de maturação que é natural, sem aditivos químicos que aceleram o processo. Fora todo o cuidado e sabor único de cada lote.

 Quais são os tipos de cerveja?

A escolha da melhor cerveja realmente passa pelos tipos mais comuns encontrados. Cada estilo de cerveja entrega resultados com experiências diferenciadas. O que mais modifica na produção é a levedura utilizada. Só essa pequena mudança pode transformar a cor, sabor, aroma e quantidade de álcool presente nela.

 Existem definições para inúmeros tipos de cerveja, também chamados de família. Cada uma delas possui variações internas, mas se unem por terem um processo básico semelhante. Aqui falarei das duas principais: a lager e a ale.

 Lager

A lager possui diferentes tipos dentro de sua classificação. De modo geral existem três variações de “intensidade” dentro de seu grupo. Sua principal característica é a fermentação lenta. As lager são produzidas em temperaturas mais baixas e tem como resultado um líquido claro, de sabor levemente amargo.

 Por não produzirem tanto o sabor frutado, as lager são mais simples. Mas é essa simplicidade que faz com que ela seja a mais consumida no mundo.

 Os três tipos de lager são: pale lager ou Light, dark e bock.

 A Light possui um sabor mais seco do que a dark e bock. Elas são mais claras e translúcidas. A Dark já possui um perfil de maior profundidade, sendo mais refrescante e adocicado. A Dark possui uma cor escura e os seus sabores acompanham a coloração, com notas de caramelo, café e chocolate.

 Por fim, a Bock, uma cerveja com maior teor alcoólico, é consumida especialmente durante o frio. Sua coloração varia entre o vermelho e dourado, mas combina com as notas levemente queimadas junto com o adocicado do caramelo. 

Ale 

A Ale é um tipo de cerveja completamente oposta ao processo de produção da lager. Ela é chamada de cerveja de alta fermentação, pois fermentam em temperaturas mais altas. A fermentação da ale é mais rápida, além de entregar um aroma frutado característico.

 Mais complexas, densas e escuras, as ale possuem diversas subdivisões. São eles a pale ale (ou light), as cervejas de trigo, porter e stout.

 As light são as mais claras desse grupo, mesmo que algumas cervejas possam chegar ao cobre mais escuro. Seus sabores não são padronizados. Já as cervejas de trigo são denominadas dessa forma pela sua composição. Sejam misturas com trigo ou somente o uso de trigo, essas cervejas são menos amargas e cheias de sabores. 

As porter são mais escuras, mas possuem menor teor alcoólico. As notas predominantes são ligadas ao café, chocolate e caramelo, uma cerveja mais adocicada. Já as stouts, apesar da aparência e sabores similares, possuem uma porcentagem alta de álcool. 

O que é uma cerveja puro malte? 

Muitas pessoas acham que uma cerveja puro malte é um tipo de cerveja. Mas, na verdade, ela se refere mais à qualidade do produto, tentando entregar a melhor cerveja. Caso você não saiba, o malte é resultado de uma germinação de cereais. Após esse processo, ele é torrado e seco. 

Esse é um processo que inicia a disponibilização do amido que será quebrado no processo de fermentação. Em contrapartida, existem cervejas de alta qualidade que não são puro malte, especialmente cervejas artesanais, com processos únicos.

Melhores cervejas em 2021 

1. Heineken

Cerveja Heineken Barril 5 Litros

Muito conhecida no mercado, a Heineken é uma cerveja puro malte holandesa de boa qualidade. O motivo que a faz estar como a melhor cerveja é seu custo-benefício. Ela não possui aditivos e seu sabor é leve. Ela não possui a presença marcante do álcool, mesmo que seu teor alcoólico seja 5%. 

Ela é uma ótima opção entre as cervejas lager por possuir mais lúpulo. Isso é o que entrega esse leve amargor inicial. Seu cheiro levemente adocicado dado pelo malte, vai progredindo para um herbal/floral leve. 

A espuma é média, mesmo com a alta carbonatação. A coloração é clara e visualmente agradável, especialmente para quem não é tão fã de cerveja. A Heineken harmoniza bem com frango e carne branca. A maioria dos petiscos funciona bem com essa alternativa de cerveja puro malte.

2. Paulaner Original

Cerveja Ale Paulaner Munchner

 A Paulaner é uma cervejaria alemã altamente reconhecida. A cerveja Paulaner é feita com lúpulo, malte e leveduras exclusivas. É um produto que chegou a ser o mais vendido no mundo. Sua cor dourada, mais forte que a Heineken, mas ainda brilhante e cristalina. A Paulaner Original possui menos gás que a Heineken. 

A fermentação é baixa e a cerveja é fácil de digerir, assim como sua harmonização. Vários pratos combinam com essa opção, desde saladas a peixes. Seu aroma não é muito pronunciado, mas é dominado pelo malte, com poucas notas de lúpulo. 

Não é uma cerveja forte, sendo predominantemente mais adocicada dado o malte, depois você deve sentir o amargor. É uma boa opção de cerveja lager, é uma cerveja leve e refrescante. A sua única falha é a relação do custo empregado. 

3. Pilsner Urquell

Cerveja Pilsner Urquell

 A Pilsner Urquell é uma cerveja reconhecida por quem é apaixonado pelo tema. A qualidade do produto é impressionante e a marca ainda mais. A Pilsner surge em uma região conhecida por cervejas de alta fermentação e escuras. Tentando se aproximar ao resultado das cervejas lager alemãs, os checos conseguiram algo diferente. 

A primeira cerveja pilsen do mundo, a Pilsner Urquell, é dourada e límpida. Sua maturação ocorre em tanques com temperaturas controladas, sempre próximo de 0ºC. Com 4,4% de teor alcoólico, seu sabor é equilibrado e levemente adocicado. 

Uma ótima harmonização é com comidas mais picantes e sabores mais condimentados. Essa cerveja leve entrega o equilíbrio necessário e a picância é  suavizada. Provar a cerveja pilsen original é uma experiência única.

4. Fuller’s London Pride

Fuller's London Pride garrafa

 Da tradicional cervejaria inglesa Fuller ‘s, essa cerveja bitter é uma opção para quem deseja provar sabores mais fortes. Do tipo Ale Premium, ela é baseada em malte e tem diferentes variedades de lúpulo em sua composição. A cor âmbar é translúcida e a consistência é levemente cremosa. 

Seus sabores são acentuados, maltado com um certo toque de caramelo. Ele evolui para um sabor amargo persistente entregue pelo lúpulo. O teor alcoólico de 4,0% é imperceptível na bebida. 

A cerveja ale premium Fullers London Pride harmoniza bem com carnes grelhadas e pratos picantes.

 5. Duvel

CERVEJA DUVEL GF

 A cerveja Duvel criou um novo estilo, o Belgian Gold Strong Ale. Uma cerveja encorpada, com teor alcoólico de 8,5%, mas um sabor agradável. Mesmo descrita dessa forma, ela não deve ser confundida como doce. Seu sabor predominante é o amargo do lúpulo.  

Por causa do amargor, é uma ótima cerveja para se beber junto a alimentos mais gordurosos. Ela faz bem o papel de limpar o paladar, mas pratos como carnes brancas também harmonizam.

Sua cor é um amarelo profundo e seu aroma é de malte com especiarias. É uma ótima prova de um estilo interessante. Você só não deve tomar o resto que fica no fundo da garrafa, pois ele deixa a cerveja mais amarga. 

6. Colorado Indica

Cerveja Colorado Indica

 Essa cerveja nacional premiada é uma das melhores IPAs. A Colorado Indica é uma cerveja com lúpulo inglês e um ingrediente brasileiro muito conhecido: a rapadura. O sabor de início se remete ao amargor, assim como sua cor escura.

 Essa é uma cerveja com alta complexidade de sabores. Seu perfil amargo, apesar de persistente, não domina todos os sabores. Ao contrário, ele é uma boa base para os sabores cítricos e o leve adocicado proporcionado pela rapadura. A consistência mais encorpada e cremosa junto a média carbonatação ajuda a beber.

 Seu 7% de teor alcóolico é mascarado pelo perfil de sabores fortes entregue pelo produto. A qualidade dessa cerveja nacional é impressionante e isso prova que a Colorado produz uma das melhores cervejas nacionais.

 Já sabe qual vai ser a próxima cerveja que irá provar? Espero que essa lista tenha te ajudado a encontrar a melhor cerveja e que você possa degustar ela logo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *