Melhores Azeites de Oliva em 2021

azeite de olivia

Procurando os melhores azeites de oliva para comprar? São diversas opções no mercado, mas é necessário ter segurança para fazer a melhor escolha. Saiba mais!

 Melhores Azeites de Oliva em 2021

O melhor azeite de oliva foi conhecido por muitos anos como ouro líquido, elemento principal da comida mediterrânea. A criação desse óleo foi feita pelos gregos antigos, responsáveis por realmente entregar todas as possibilidades com esse fruto.

No império romano, o azeite de oliva se expandiu, alcançando a região onde hoje fica a Espanha. O mercado foi se expandindo junto com a dominação mercantilista. Hoje o azeite de oliva é produzido em abundância por diversas partes do mundo. Para ajudar você a escolher o melhor azeite de oliva para sua casa, fizemos uma lista com indicações.

Vintage Andorinha


Confira o Preço
Orgânico Herdade do esporão


Confira o Preço
Cocineiro


Confira o Preço
Deleyda Premium


Confira o Preço
Grezzo Paganini


Confira o Preço

Como é feito o azeite de oliva?

A produção do azeite de oliva é interessante, mas pouco conhecida. Primeiramente, deve-se saber que o azeite de oliva nada mais é que o suco da azeitona. Existem empresas que são produtoras das oliveiras, sendo esses os melhores azeites de oliva.

O processo de maturação da azeitona pode demorar de seis a oito meses. E o auge da produção de uma oliveira é entre os 10 e 35 anos de idade. É um processo longo para se ter uma produção constante e de qualidade. Por isso, nem todas as empresas investem no plantio.

Logo após a colheita, é feita a lavagem dos frutos para o processo de moagem. Esse processo retira folhas e galhos, junto com impurezas. Caroços e polpa são moídos juntos e eles formam uma pasta oleosa.

Para evitar a oxidação e fermentação do óleo da azeitona, é preciso que esse processo seja rápido e preciso. Com a pasta oleosa é feita a extração do azeite de oliva puro. Anteriormente eram utilizadas prensas a frio artesanais, feitas com moinhos e lagares.

Hoje, um método mais prático é a centrifugação, mesmo que esta também seja uma alternativa fria. Esse processo é bem simples e rápido, basicamente é levado de uma batedeira a uma centrífuga. A centrífuga funciona de forma semelhante a máquina de lavar roupas, separando as duas densidades diferentes. Nesse caso separa a água do óleo.

Como resultado você pode ter o azeite de oliva extra virgem, virgem ou lampante. O extravirgem é o melhor azeite de oliva, com acidez menor de 0,8%, complexidade sensorial.

Já o azeite de oliva virgem é bom para cozinhar. Ele é um azeite com acidez entre 0,8% e 2,2%, mais simples e que não é forte para interferir no sabor do preparo. Por fim, o lampante é um azeite de oliva que não serve para consumo humano. Ele precisa ser refinado para ser consumido.

Quais são as maiores vantagens do uso de azeite de oliva?

O azeite de oliva possui diversas vantagens para a saúde em comparação a outros óleos. Mas esses não são seus únicos benefícios, seu perfil de sabor também torna especial vários pratos ao ser usado.

Pesquisas mostram que o azeite de oliva extravirgem possui um composto anti-inflamatório. Esse composto age diretamente na dor, inibindo a atividade enzimática responsável por ela. Seu uso contínuo e controlado pode ser benéfico para quem sofre de dores crônicas.

Ele é rico em ômega 9, ácidos graxos importantes na manutenção do organismo. Um ótimo benefício é a redução do LDL e aumento do HDL, o colesterol bom do corpo.

Os polifenóis, responsáveis pelo sabor mais característico do azeite, previne problemas cardiovasculares. Além disso, ele é a única fonte de gordura que diminui os riscos de AVC, acidentes vasculares cerebrais. Isso por causa de um composto presente no óleo chamado hidroxitirosol. Esse composto pode ser capaz de impedir a degeneração cerebral.

O azeite de oliva também age sobre a insulina e glicemia. Em um estudo, foi provado que o risco de diabetes tipo 2 diminui em até 50%. Um estudo aplicado pela Universidade de Londrina comprovou que o azeite também diminuiu incômodos quanto à artrite reumatoide.

Existem vários outros estudos que mostram resultados promissores em diversas áreas. O azeite de oliva se mostra um verdadeiro ouro quando se trata sobre sabor e qualidade de vida.

Como escolher o melhor azeite de oliva?

Muitas vezes somos indicados a olhar a acidez do azeite. Inúmeros sites e especialistas informam que a acidez de 0,8% é o máximo para um bom azeite. E acidez é um dos pontos a se observar para encontrar o melhor azeite de oliva.

Entretanto, os melhores azeites, além de terem uma acidez baixa, possuem outras qualidades. O método de produção influencia diretamente na qualidade do azeite. As olivas colhidas no momento certo da maturação, sendo extraído o óleo o mais rápido possível garantem um resultado melhor.

Algumas produções têm como característica principal a colheita das olivas um pouco mais verdes. Esse processo deixa o óleo mais amargo.

O segundo detalhe para escolher o melhor azeite de oliva é o índice de conteúdo fenólico. Caso não encontre essa informação no rótulo, é possível ter acesso sabendo a partir de qual ou quais variedades foi produzido o óleo. O conteúdo fenólico dá o amargor e a picância do azeite, além das propriedades antioxidantes.

A conservação é o terceiro fator para o melhor azeite de oliva. E nesse caso entra a conservação dentro da embalagem e do armazenamento correto por parte do consumidor. O azeite de oliva é um óleo fresco de alta qualidade, mas após aberto ele perde o frescor rapidamente. Até mesmo o contato com a luz artificial pode oxidar e desgastar o produto.

Embalagens de vidro fosco escura ajudam a conservar. Manter o produto em uma temperatura abaixo de 20º C também ajuda na conservação da qualidade. Porque de nada adianta comprar o melhor azeite de oliva, se você o deixa oxidar por descuido.

Por fim, fique atento a dados como data de fabricação, data de envase e origem do produto. Isso tudo é determinante para a qualidade do seu azeite. Quanto mais velho o azeite fica, pior é. O azeite deve ser consumido o mais fresco possível.

Melhores Azeites de Oliva em 2021

 1. Vintage Andorinha

Azeite Andorinha Vintage

O azeite de oliva Andorinha é um azeite extravirgem produzido em Portugal. De alta qualidade, com azeitonas retiradas no momento de maturação, ele possui uma boa consistência nos seus sabores. A Andorinha possui o maior olival do mundo e a extração do azeite é feita entre quatro e seis horas, mantendo fresco o sabor.

Esse azeite é uma edição limitada, premiada internacionalmente, com leves notas de tomate e maçã. E apesar desse leve fundo adocicado e com acidez de 0,3%, é um azeite equilibrado, ótimo para finalizações. É um azeite especial e que traz um toque único para os pratos. Seu alto custo-benefício o leva a ser o melhor azeite de oliva.

2. Orgânico Herdade do esporão

Azeite de Oliva Orgânico Extra Virgem

Esse é um azeite de oliva esporão extra virgem orgânico de alta qualidade, produzido em Portugal. Sem aditivos ou misturas, ele possui um sabor concentrado dado por duas variedades de azeitona. Sua colheita é manual e o processo é mais lento, podendo produzir cerca de 6000 litros por ano.

Um dos motivos que o faz ser um dos melhores azeites de oliva é sua cor e sabor. Sua cor é de um oliva profundo e liso, e o sabor profundo. Com o equilíbrio certo, ele entrega um sabor herbal com um frutado, ele dá um leve amargor e picância no fim. Sua acidez de 0,2% combina com os mais diferentes tipos de pratos. Desde peixes delicados a massas, é um bom produto de finalização.

3. Cocineiro

Azeite de Oliva Extra Virgem Cocinero

O azeite de oliva extra virgem cocineiro é uma alternativa conhecida, mas poucos sabem sua real qualidade. Ele é um azeite com um baixo custo, mas com alta qualidade, comprovada por diversos testes. Sua produção é feita na Argentina e ele tem uma proposta melhor para cozinhar do que para finalização.

Seu sabor e odor é leve, sendo levemente herval, sem muitas nuances. Apesar de ser feito em garrafas de plástico, sua conservação não é afetada diretamente. Com o melhor custo-benefício ele é uma alternativa válida.

  1. Deleyda Premium

Azeite Chileno Deleyda

O azeite de oliva deleyda premium é ganhador de diversos concursos internacionais. Sua qualidade poderia ser atestada somente por esse fato, mas esse azeite chileno vai além. O aroma é herbal com um leve toque adocicado frutado da maçã. Já seu sabor possui um amargor com uma leve picância persistente ao fundo.

Sua intensidade média o torna ideal para receitas como saladas e bruschettas. Por ser envasado por quem produz as próprias azeitonas, diminui o tempo entre colheita e processamento. Isso torna o azeite mais fresco e conserva seu sabor. Além da garantia de consistência na qualidade e no trabalho. Por isso, ele foi eleito pelo Estadão como o melhor azeite de oliva há alguns anos. 

  1. Grezzo Paganini

Azeite Italiano Grezzo Extra

O azeite de oliva italiano Grezzo da marca Paganini tem tradição e alta qualidade. Com um aroma complexo, ele transita entre o um herbal frutado com toques florais. Seu sabor segue a mesma linha, com um leve toque picante no final. É interessante porque é um produto muito único.

Ele é um azeite não filtrado extra virgem, o qual dá a coloração levemente turva. Levemente mais ácido, com 0,5%, ele é uma ótima opção para finalizações. Esse azeite entrega muita complexidade ao prato e aprofunda os sabores do prato. Por isso, é um dos melhores azeites italianos.

O azeite de oliva é melhor que o óleo de girassol?

Essa é uma dúvida comum da maioria das pessoas. Afinal, o azeite de oliva é tão melhor assim do que outros óleos?

O azeite de oliva possui benefícios antioxidantes e aguenta até temperaturas de cerca de 130 ºC. O azeite possui propriedades que diminuem o LDL, colesterol ruim. Isso não significa que o óleo de girassol ou soja são ruins, eles só não mantêm a estrutura no calor.

Seu sabor mais forte faz com que ele não seja indicado em certos pratos. Para esses casos, esses óleos com sabor neutro são os ideais. Uma opção para preparos é o azeite de oliva virgem.

Existem muitas opções no mercado com alta qualidade e bom custo-benefício. Investir em um bom azeite é uma alternativa mais saudável para preparar receitas. Essa gordura, como foi provado aqui, traz benefícios imensos à saúde, especialmente com uso contínuo.

Hoje, com a internet, ficou mais fácil comprar sem sair de casa. Espero que a lista tenha te ajudado a achar o melhor azeite de oliva para você! 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *